Escola Jaya de Yoga

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

A Psoríase e O Yoga

E-mail Imprimir PDF

A psoríase é uma doença de característica inflamatória da pele, benigna e crônica, a qual necessita de fatores desencadeantes para o seu surgimento ou piora, principalmente no período do inverno. Ela afeta de 1 a 2% da população mundial, atingindo igualmente tanto homens quanto mulheres, apesar de a manifestação inícial ser mais precoce nas mulheres.

Há dois períodos de idade onde a doença prevalece que é antes dos 30 anos e após os 50 anos. Em cerca de 15 por cento dos casos, ela surge antes dos dez anos de idade.

Esta doença não é contagiosa, e tem como principais fatores desencadeadores os externos. Ela pode se manifestar diversas maneiras e com diferentes níveis de comprometimento. A matéria médica observa que este tipo de doença tem uma incidência familiar da ordem de 30 por cento, o que nos faz lembrar que o homem é fruto do meio.

A doença pode se manifestar em qualquer idade e tem como fatores desencadeantes a influencia do meio em que se vive, uso de certos medicamentos e o terrível estresse. Há registros de que pessoas com histórico familiar têm um início mais precoce.

As lesões são bem caracterizadas, variando entre períodos de melhora e piora, sendo mais presentes em joelhos e cotovelos, couro cabeludo, palmas das mãos, sola dos pés, ou seja, regiões onde ocorre mais atrito.

A Psoríase recebe uma denominação específica de acordo com o aspecto e o local do corpo.

A “Psoríase Vulgar” manifesta-se em placas de tamanhos variados, bem demarcados, com vermelhidão, com escamação seca e aderente, nas cores cinza ou prata, localizadas em joelhos, cotovelos e couro cabeludo.

A “Psoríase Gutata” manifesta-se na forma de gotas ligadas a processos infecciosos. Estas lesões são de tamanho pequeno, localizam-se no tronco, nos braços próximos aos ombros e nas coxas próximo ao quadril. Apresentam-se em grande número e de modo abrupto principalmente em crianças e adultos jovens.

A “Psoríase invertida” manifesta-se em lesões mais úmidas, que se localizam nas áreas de dobras, nas nádegas, na região genital e na parte inferior das mamas.

A “Psoríase Eritrodérmica” manifesta-se através de lesões generalizadas, que chegam a ocupar uma área corporal da ordem de 75 por cento.

A “Psoríase Ungueal” manifesta-se especificamente nas unhas das mãos e pés, predominando nas mãos. É característica da doença, todavia não específica, podendo ser mais freqüente as depressões punt iformes ou manchas amarelas.

A “Psoríase Artropática” manifesta-se predominantemente nas articulações, comprometendo-as. Atua também na ponta dos dedos dos pés e mãos, e eventualmente ataca articulações maiores como cotovelos e joelhos. Quando ocorre um comprometimento da articulação mais grave e por tempo prolongado ocorrem deformações nos dedos fazendo-os parecerem com uma salsicha. As regiões da coluna vertebral que mais sofrem com este tipo de enfermidade são a região torácica inferior e a lombar superior. Felizmente apenas cerca de 8 por cento dos casos de psoríase são de comprometimento articular.

A “Artrite Psoriásica Juvenil” ataca pessoas com menos de 16 anos, as moças predominam e a enfermidade inflamando a articulação, artrite, pode ocorrer antes da manifestação na pele.

A “Psoríase Pustulosa” manifesta-se através de lesões com pus. Existe um tipo que se localiza nas mãos e pés, e outro que é mais generalizado.

A “Psoríase Palmo-Plantar” manifesta-se nas solas dos pés e palmas das mãos, apresentando rachaduras as quais são de difícil trato. Felizmente, apenas cerca de 12 por cento dos casos são deste tipo.

Na visão do Yoga o aspecto preventivo é de fundamental importância, por isso antes de se chegar a um quadro como os acima descritos é vital a prática do Yoga. Como as técnicas e a filosofia do Yoga têm a finalidade de purificar e equilibrar o corpo, a mente, as emoções e a psique, as pessoas acometidas deste tipo de enfermidade poderão dentro de suas possibilidades, estarem alcançando uma melhor qualidade de vida ou até mesmo a cura. Kriyas, Asanas, Pranayamas e Meditação serão de fundamental importância para se alcançar a homeostase.

O tratamento médico não deve ser ignorado, pois a medicina do século 21 está aqui para nos ajudar.

 

 

 

 

Comentários  

 
+5 #1 17/11/2010 18:29
Obrigada por esta pagina sobre psoríase, sou portadora desta doença que destroi o corpo fisico e emocional das pessoas, porque sofremos muita discriminação. Eu estava fazendo yoga , e a prof. achou qeu eu deveria parar porque algumas colegas ficavam preocupadas com as escamações, eu fiquei arrasada e parei. Mas agora lendo esta pag. creio que vou procurar outra academiae recomeçar. muito....muito....muito....obrigada!!!!!
Citação
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar